1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Novembro

Aberta a VII Semana Municipal da Justiça Restaurativa

Agenda terá programação online até o dia 19 de novembro

Atualizada dia

Foi oficialmente aberta, na tarde de terça (16.11), a VII Semana Municipal da Justiça Restaurativa. A agenda de eventos ocorre anualmente no mês de novembro, sob organização do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, vinculado à Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS). Neste ano, os eventos ocorrerão de maneira virtual.

A solenidade de abertura contou com as apresentações culturais da banda Judges, composta por magistrados gaúchos, e da banda Vanguarda, composta por servidores da Guarda Municipal. Em fala, a vice-prefeita Paula Ioris ressaltou a importância do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, apontando Caxias do Sul como uma referência nacional na área. Reforçou o compromisso do governo de “fortalecer e fazer crescer esta forma de ver a vida”.

O secretário de Segurança Pública e Proteção Social, Paulo Roberto Rosa da Silva, exaltou as práticas da Justiça Restaurativa, salientando que este tipo de trabalho pode prevenir a necessidade de ações repressivas. A coordenadora do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, Débora Schmidt, pontuou ainda que as práticas restaurativas buscam trazer a humanização das relações.

O evento marcou ainda a entrega de certificados aos concluintes da formação de facilitadores para Círculos de Construção de Paz, realizada em setembro. Foram 19 formandos que concluíram o treinamento, ministrado com ênfase em situações menos complexas.

Estiveram também presentes na solenidade o Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul e Coordenador do Núcleo de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Leoberto Brancher, o Juiz e Coordenador do CEJUSC Regional de Caxias do Sul, Clóvis Ramos, o presidente da Câmara de Vereadores, Velocino Uez, e a diretora de Proteção Social, Suely Rech.

A VII Semana Municipal da Justiça Restaurativa ocorre em parceria com a Universidade de Caxias do Sul e CEJUSC Regional- Caxias do Sul. A programação completa pode ser conferida abaixo:

Quarta-feira (17/11)

10h – Mesa: Experiência da Guarda Municipal e da Brigada Militar com a Justiça Restaurativa

Representante da GM – Marcelo Enio Haetinger

Representante da BM - Natália Fernandas Passamani

Mediador: Alex Oliveira Kulman - Diretor da Guarda Municipal de Caxias do Sul

11h – Mesa: Experiência de servidores como facilitadores

Daniela Reis - Secretária de RH de Caxias do Sul e Facilitadora de CCP

Jemerson da Costa Hoffmann -Servidor do município e Facilitador de CCP

Mediadora: Celisa Duarte Ferreira coordenadora do Conselho Gestor do Programa Municipal de pacificação restaurativa

14h - Justiça restaurativa e socioeducação regime aberto, desafios e contribuições face ao punitivismo no Brasil

Luciana Gomes de Lima Jacques - Explanação sobre artigo

Ana Paula Flores – Educadora Social da FAS – Medidas em meio aberto, possibilidades e práticas restaurativas?

16h – Mesa: Círculos de Papo Reto

Alexandra Bittencourt – Diretora do CASEMI Caxias do Sul

Tanisa Fernanda Benatti - Técnica do CASE Caxias do Sul

Vanessa Porto - Técnica do CASEMI Uruguaiana

Mediadora: Franciele Lenzi Servidora da FAS/Caxias do Sul, facilitadora e instrutora de Justiça Restaurativa

Quinta-feira (18/11)

10h – Aspectos psicológicos nas práticas restaurativas

Paulo Henrique Moratelli - Psicólogo – criador do método Diálogos Transformativos

11h – Dificuldades da Pesquisa em JR/relato e experiências

Cristina Rego de Oliveira - Pós doutora (pesquisadora USP)

Mediadora: Professora Cláudia Maria Hansel

14h – Plano de governo – Retomada da Justiça Restaurativa

Paula Ioris – Vice-Prefeita

Projeto Ser Jovem Cidadão

Katiane Boschetti da Silveira – Presidente da Fundação de Assistência Social

Pacto Pelotas pela Paz

Paula Mascarenhas - Prefeita de Pelotas

Mediadora: Débora Adriana Schmidt

19h 30 min – Mesa: Justiça Restaurativa e violência doméstica

Andrea Hoch Cenne - Juíza do Juizado da Violência Doméstica na Comarca de Novo Hamburgo e coordenadora do CEJUSC

Raquel Furtado Conte – Professora da Universidade de Caxias do Sul do Curso de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia – Mestrado Profissional

Mediadora: Professora Ana Maria Paim Camardelo

Sexta-feira (19/11)

10h – Mesa: Avanços e desafios dos métodos autocompositivos

Larissa Eckert Furlan Zanetini - Coordenadora da Comissão de Mediação e Práticas Restaurativas - OAB/Caxias

Rudimar Luis Brogliato -Presidente da OAB Caxias

Eduardo Sotoriva – Mediador Judicial CEJUSC/Caxias

Mediador: Clóvis Mattana - Coordenador do CEJUSC Caxias do Sul

14h – Projeto Justiça Restaurativa com as vítimas - CEJUSC/POA/RS

Fábio Vieira Heerdt - Juiz Coordenador do Núcleo da Paz do CEJUSC de Porto Alegre

Mediador: Clóvis Mattana

16h – Mesa: Justiça Restaurativa e Vítimas – Experiência de Ponta Grossa/PR

Glaucia Mayara Niedermeyer Orth -Psicóloga

Laryssa Angélica Copack Muniz -Juíza Coordenadora do CEJUSC de Ponta Grossa - Paraná

Mediador: Clóvis Mattana

Dias: 17 e 18/11

17h - Oficinas Vivenciais de Círculos de Construção da Paz

Ministrantes:

Cláudia Maria Hansel

Celisa Oliveira Duarte Ferreira

Galeria de imagens
1 de 8 imagens

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi

Foto por Bianca Prezzi