1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Novembro

Caxias tem Dia D contra a dengue nesta sexta-feira (26/11)

Os caxienses estão convidados a dedicar 10 minutos de seu tempo para limpar o pátio e eliminar pontos de água parada

Atualizada dia

Uma grande ação contra a dengue ocorre nesta sexta-feira (26/11) em Caxias do Sul, que adere à mobilização para prevenção da proliferação do Aedes aegypti e da transmissão de dengue,

chikungunya e zika vírus, do Ministério da Saúde, por meio da Vigilância Ambiental em Saúde, ligada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Durante todo o dia, agentes de combate às endemias farão uma mobilização em diferentes pontos da cidade, convidando a população para a iniciativa “10 minutos contra o Aedes”: a ideia é que cada pessoa dedique um tempo do seu dia para verificar se há algum local com água parada no pátio de suas casas, já que é nesse ambiente que o mosquito transmissor das três doenças se reproduz.

Pela manhã e tarde, os agentes estarão nas Estações Principais de Integração (EPIs) Imigrante e Floresta e também nas paradas de ônibus da Bento Gonçalves e da Pinheiro Machado (junto antigo Ópera), onde há grande fluxo de pessoas, para distribuição de material informativo e para esclarecer dúvidas da população. Em caso de tempo bom, também será montada uma tenda em frente ao prédio da Vigilância Ambiental para atender a comunidade.

Neste dia, os agentes de endemias estarão identificados com uma camiseta na cor laranja e com crachá. A ação chama atenção para a urgência de a população atender ao chamado da Vigilância Ambiental em Saúde e buscar eliminar os criadouros do Aedes aegypti: neste ano, já foram encontrados 185 focos. “Os agentes de endemias estão fazendo um trabalho incansável e visitando residências e pontos estratégicos, mas nada disso será suficiente se cada pessoa não atender ao chamado. Precisamos que cada pessoa reserve um tempinho e faça a limpeza de seu pátio, tire qualquer pote que possa juntar água, pois é nesses locais que o mosquito deposita seus ovos. Precisamos que todos se engajem nessa luta junto conosco”, pede a diretora técnica da Vigilância Ambiental, Sandra Tonet.

Até o próximo dia 27, a Vigilância Ambiental também realiza o Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRA). O método de amostragem tem como objetivo observar os índices de infestação predial, o índice de densidade nos criadouros inspecionados e quais são os criadouros predominantes do mosquito.

Distribuição de focos

  • 43 – Cruzeiro
  • 20 – São José
  • 13 – Colina Sorriso
  • 11 – São Luiz da 6 ª Légua
  • 10 – Reolon
  • 9 – São Cristóvão
  • 8 – Bela Vista
  • 9 – Charqueadas II e Nossa Senhora de Lourdes
  • 6 – Charqueadas I e Petrópolis
  • 5 – De Lazzer e Tijuca
  • 4 – Santa Lúcia Cohab
  • 3 – Centenário e Sagrada Família
  • 2 – Desvio Rizzo/Jardim da Lagoa, Jardim América, Mariland e Pio X
  • 1 – Centro, Charqueadas, Cristo Redentor, Jardim do Shopping, Jardim Eldorado, Marechal Floriano, Mariani, Santa Fé, Santa Lúcia, Universitário, Vila Seca e Vinhedos

Foto por Cristiane Barcelos