1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Janeiro

Prefeitura de Caxias participa de reunião da Famurs sobre enfrentamento da estiagem

Área rural da cidade está em estado de emergência desde a semana passada

Publicada dia

Nesta segunda-feira (10/01), o prefeito Adiló Didomenico e o secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), Rudimar Menegotto, participaram da reunião da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) que debateu soluções eficazes para os municípios atingidos pela seca. Foram reunidos chefes dos executivos de diversas cidades, além de representantes da Secretaria da Agricultura do Estado e do Ministério da Agricultura, senadores e deputados federais, dentre outras lideranças.

No encontro, foram debatidos temas como zoneamento agrícola, dívidas da agricultura, liberação de recursos, linhas de créditos, licenciamento ambiental e detalhes do Avançar na Agricultura, programa estadual lançado em dezembro de 2021. A partir disso, foi definido um calendário de ações para o enfrentamento da estiagem a fim de aliviar os efeitos da seca na agricultura do estado.

Presencialmente no evento, no auditório da Famurs, em Porto Alegre, o secretário Menegotto destacou a participação do Poder Executivo. “Foi uma reunião importante para alinharmos algumas questões da estiagem. A zona rural de Caxias está em alerta e sofrendo muito com as perdas que a seca impõe. Aqui, para a cidade, algumas ações voltadas aos produtores de milho, por meio do Programa Troca-Troca, estão sendo pensadas e desenvolvidas”, adiantou.

O titular da Smapa também se reuniu com a Secretária da Agricultura do Estado, Silvana Covatti, para levar algumas adversidades locais para discussão. “O dano financeiro da estiagem para a região é muito grande. Para combater isso, também se espera sensibilidade dos órgãos para que possamos ajudar esses agricultores, seja na limpeza de reservatórios como no armazenamento de água. O impacto da seca na agricultura pode ser visto em todos os setores da sociedade”, reforçou.

Na semana passada, a Prefeitura decretou estado de emergência no interior de Caxias do Sul. A falta de chuva provocou diminuição da capacidade de exploração das fontes de água potável, implicando em dificuldades de acesso para o consumo humano. As perdas decorrentes da seca já somam mais de R$ 140 milhões em Caxias.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por João Pedro Bressan

Foto por Guilherme Pedrotti, Famurs, Divulgação