1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Janeiro

Saúde amplia testagem contra covid-19 para quem não tem sintomas

Testes estão disponíveis em todas as UBSs e, no sábado, haverá ação especial

Atualizada dia

Para ampliar o rastreio de casos de covid-19 e reforçar as estratégias de combate à doença, a Secretaria da Saúde (SMS) de Caxias do Sul passa a ofertar os testes de antígeno (rápidos) também para a população sem sintomas que tenha tido contato com pessoas sintomáticas ou casos positivos. Uma grande ação ocorrerá no sábado (08/01), quando haverá testagem e também vacinação contra covid-19 e contra influenza/gripe na Praça Dante Alighieri e em seis Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

O Município aderiu ao Projeto Testar, do Governo do Estado, que na fase III prevê a testagem mesmo para quem não apresentar sintomas. Assim, Caxias do Sul já está ampliando gradativamente a testagem desde o final de dezembro, mesmo antes de o Governo do Estado emitir, na terça-feira (04/01), avisos a todas as regiões do Rio Grande do Sul. De 27 de dezembro a 4 de janeiro, as UBSs realizaram 917 testes rápidos.

Os testes estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), com exceção da Unidade Básica Vacinadora (UBV) Alvorada, que ainda funciona como referência para imunização. O objetivo é rastrear casos de pacientes com a doença que possam estar assintomáticos e, por desconhecer o diagnóstico, estarem disseminando o vírus. Ou seja, todas as pessoas com alguma suspeita (que tenham sintomas ou que tenham tido contato com algum caso positivo) devem procurar um serviço de saúde e realizar o teste.

A SMS lembra que os serviços de urgência e emergência (UPAs Central e Zona Norte) continuam sendo referência para casos graves, ou seja, quem não tem sintomas ou tem sintomas leves não deve procurar esses locais. “O Brasil enfrenta uma nova onda da pandemia do coronavírus, agora decorrente da variante ômicron. A alta transmissibilidade, muito maior que a da variante delta, põe em risco a capacidade de atendimento dos serviços de saúde pelo número elevado de infectados ao mesmo tempo”, alerta o médico Dino de Lorenzi, diretor executivo da SMS.

Ele reforça pedido da Secretaria de Saúde para que a população que evite aglomerações, mantenha o ambiente de trabalho e casas arejadas, com as janelas abertas, use sempre máscara e higienize as mãos. Também destaca a importância de completar o esquema vacinal. “As vacinas disponíveis não evitam a infecção, mas reduzem drasticamente o risco de hospitalização, intubação e morte, bem como o surgimento de novas variantes. Recomenda-se ainda que todos façam testes se tiverem sintomas suspeitos, mesmo leves, como secreção nasal, tosse, espirros, dor de garganta ou febre ou se mantiverem contato de risco com pessoa com esses sintomas, principalmente se não foi usada máscara. Se o teste for positivo, proceder ao isolamento por 10 dias de imediato, que é fundamental para conter a pandemia”, explica.

Outra medida adotada pela secretaria é a testagem de todos os usuários que ingressarem nos serviços da modalidade de acolhimento noturno da Rede de Atenção Psicossocial (CAPS Novo Amanhã e CAPS Reviver). Além disso, as UBSs seguem realizando a busca ativa para localizar pessoas que não tenham retornado para fazer segunda, terceira dose ou reforço da Janssen.

O serviço de vacinação na quinta e na sexta-feira (06 e 07/01) não sofre alterações em relação ao que havia sido divulgado anteriormente. A vacina contra influenza/gripe segue disponível nas UBSs para toda a população acima de seis meses de idade.

QUINTA E SEXTA (06 e 07/01)

Unidades Básicas

PRIMEIRA DOSE

Adolescentes (12 a 17 anos)

  • UBVs Alvorada; UBSs Centro de Saúde, Cristo Operário, Cristo Redentor, Diamantino, Fátima Alta, Madureira, Mariani, Pioneiro, Planalto, Rio Branco, Santa Lúcia Cohab, São José, São Leopoldo, Século XX e Serrano: 8h às 15h
  • UBSs Cinquentenário, Cruzeiro, Desvio Rizzo, Eldorado, Esplanada, Reolon e Vila Ipê: 8h às 19h
  • UBS Forqueta: mediante agendamento pelos telefones 3901-1191 e 3901-2519
  • Pessoas de 18 anos ou mais
  • UBV Alvorada e UBS Centro de Saúde: 8h às 15h
  • UBS Cinquentenário: 8h às 19h

SEGUNDA DOSE

Para quem se vacinou com Astrazeneca ou Pfizer

  • UBVs Alvorada; UBSs Centro de Saúde, Cristo Operário, Cristo Redentor, Diamantino, Fátima Alta, Madureira, Mariani, Pioneiro, Planalto, Rio Branco, Santa Lúcia Cohab, São José, São Leopoldo, Século XX e Serrano: 8h às 15h
  • UBSs Cinquentenário, Cruzeiro, Desvio Rizzo, Eldorado, Esplanada, Reolon e Vila Ipê: 8h às 19h
  • UBS Forqueta faz segunda dose de Pfizer mediante agendamento pelos telefones 3901-1191 e 3901-2519
  • Para quem se vacinou com Coronavac UBVs Alvorada e UBS Centro de Saúde: 8h às 15h
  • UBS Cinquentenário: 8h às 19h

TERCEIRA DOSE (REFORÇO)

  • UBVs Alvorada; UBSs Centro de Saúde, Cristo Operário, Cristo Redentor, Diamantino, Fátima Alta, Madureira, Mariani, Pioneiro, Planalto, Rio Branco, Santa Lúcia Cohab, São José, São Leopoldo, Século XX e Serrano: 8h às 15h
  • UBSs Cinquentenário, Cruzeiro, Desvio Rizzo, Eldorado, Esplanada, Reolon e Vila Ipê: 8h às 19h
  • UBS Forqueta: mediante agendamento pelos telefones 3901-1191 e 3901-2519

REFORÇO DA JANSSEN

  • UBV Alvorada; UBSs Centro de Saúde e Cristo Operário: 8h às 15h
  • UBS Cinquentenário: 8h às 19h

VACINA CONTRA INFLUENZA/GRIPE

  • Todas as UBSs e UBV Alvorada

TESTES RÁPIDOS CONTRA COVID-19

  • Todas UBSs (exceto UBV Alvorada)

SÁBADO (08/01), 9h às 13h

  • Praça Dante Alighieri
  • UBSs Cinquentenário, Cruzeiro, Eldorado, Esplanada, Fátima Alta e Desvio Rizzo
  • Todos ofertam testes rápidos contra covid-19 e vacina contra influenza/gripe

Locais para primeira dose para adultos (18 anos ou mais), segunda dose de Coronavac e reforço da Janssen

  • Praça Dante Alighieri
  • UBS Cinquentenário

Locais para primeira dose para adolescentes (12 a 17 anos), segunda dose para quem fez AstraZeneca ou Pfizer e terceira dose

  • Praça Dante Alighieri
  • UBSs Cinquentenário, Cruzeiro, Eldorado, Esplanada, Fátima Alta e Desvio Rizzo

DATAS PARA SEGUNDA DOSE

AstraZeneca/Oxford e Pfizer/Biontech

  • Quinta-feira: pode ir quem fez primeira dose no dia 11/11 ou antes
  • Sexta-feira: pode ir quem fez primeira dose no dia 12/11 ou antes
  • Sábado: pode ir quem fez primeira dose no dia 13/11 ou antes

Coronavac/Butantan

  • Quinta-feira: pode ir quem fez primeira dose no dia 09/12 ou antes
  • Sexta-feira: pode ir quem fez primeira dose no dia 10/12 ou antes
  • Sábado: pode ir quem fez primeira dose no dia 11/12 ou antes

DATAS PARA TERCEIRA DOSE

Pessoas de 18 anos ou mais

  • Quinta-feira: pode ir quem fez segunda dose no dia 06/09 ou antes
  • Sexta-feira: pode ir quem fez segunda dose no dia 07/09 ou antes
  • Sábado: pode ir quem fez segunda dose no dia 08/09 ou antes

Pessoas de 18 anos ou mais com imunossupressão

  • Quinta-feira: pode ir quem fez segunda dose no dia 09/12 ou antes
  • Sexta-feira: pode ir quem fez segunda dose no dia 10/12 ou antes
  • Sábado: pode ir quem fez segunda dose no dia 11/12 ou antes

DATA PARA REFORÇO DA JANSSEN

  • Pessoas de 18 anos ou mais que foram vacinadas com Janssen há dois meses ou mais

DOCUMENTAÇÃO

  • 18 anos ou mais: documento pessoal com foto, CPF e Cartão SUS (se tiver)
  • Adolescentes: carteira de vacinação, documento oficial com foto ou certidão de nascimento, CPF e Cartão SUS (se tiver). Jovens de 12 a 15 anos devem ir acompanhados dos pais ou responsáveis OU levar autorização assinada (disponível em tinyurl.com/covid-adolescente). Para 16 e 17 anos, essa exigência não é necessária
  • Segunda e terceira doses e reforço da Janssen: levar também a carteira de vacinação
  • Terceira dose (de reforço): levar também a carteira de vacinação; pessoas com imunossupressão (tinyurl/imunossuprimidos) devem comprovar comorbidade (atestado médico que confirme a comorbidade OU receita médica que comprove a doença e que tenha sido emitida há menos de um ano)

Foto por Maicon Duarte