1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Janeiro

Saúde tem 50 servidores afastados por covid-19 ou contato com caso positivo

A maior parte dos servidores afastados atua na linha de frente, o que limita a manutenção de todos os atendimentos

Atualizada dia

Diante do grande número de servidores afastados por covid-19 ou por contato direto com caso positivo, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) restringe alguns serviços a partir de segunda-feira (10/01). Por outro lado, haverá reforço da testagem, com mais um ponto para realização de testes até 20h.

Para ampliar a oferta de testagem de covid-19 à população, a partir de segunda-feira (10/01) a UBS Centro de Saúde passa a funcionar das 16h30 às 20h como referência para testes de covid-19. Antes desse horário, o atendimento na Unidade é normal. O critério para testagem segue o mesmo: pessoas com sintomas gripais ou sem sintomas que tiveram contato com caso positivo devem ir do 5º ao 10º dia após o contato. O ponto será avaliado semanalmente, conforme o cenário epidemiológico.

Até as 18h desta sexta-feira (07/01), a SMS contabilizava 50 servidores afastados, sendo a maioria de linha de frente, o que limita a manutenção plena dos serviços. Por isso, a partir de segunda-feira (10/01), as salas de vacinas das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estarão fechadas por 30 dias para as vacinas do calendário vacinal. A aplicação das vacinas contra covid-19 e contra Influenza/gripe não sofre alterações. A SMS programa a realização de mutirões de vacinação aos sábados para aplicação de doses do calendário vacinal para que a população não fique desassistida. Essa medida é necessária devido ao afastamento de servidores das equipes nas UBSs.

Outra medida diz respeito ao Centro Especializado de Saúde (CES). Todas as consultas marcadas para segunda-feira (10/01) nas especialidades dermatologia, cirurgia geral, traumato-ortopedia, gastroenterologia, proctologia, urologia, otorrinolaringologia, fonoaudiologia, hematologia, nutrição, fisioterapia, reumatologia e angiologia serão remarcadas. Para terça-feira (11/01), a situação será avaliada na segunda-feira, conforme o quadro de servidores, visto que há mais casos suspeitos em avaliação.

Foto por Maicon Duarte