1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Abril

Smed investe R$ 12 milhões na abertura de novas vagas na rede pública

Valor garantirá atendimento para perto de 900 alunos

Publicada dia

A Secretaria da Educação de Caxias do Sul montou estratégia diferenciada para assegurar atendimento a 929 alunos que aguardavam por vagas ou transferência na Central de Matrículas. Serão abertas 40 novas turmas em diversas regiões do município. Para atender esta demanda, a pasta investirá aproximadamente R$ 12 milhões, incluindo nomeação de 70 profissionais da educação, oferta de transporte, alimentação e serviços de merendeira e higienização.

A região com maior necessidade de vagas é o Desvio Rizzo, que contará com oito novas turmas e atendimento pelas escolas municipais Dezenove de Abril e San Gennaro. Na Região Norte também serão abertas oito novas turmas. O serviço de transporte envolverá 28 roteiros, o que possibilitou o atendimento em escolas com vagas antes não preenchidas.

A Smed contará ainda com espaços disponíveis em escolas estaduais. Estudantes do Bairro Cruzeiro ao Centro serão atendidos na Presidente Vargas; da Região Esplanada, no Instituto Cristóvão de Mendoza; e da Região Norte, na Escola Professor Clauri Alves Flores. A partir desta semana, enquanto tramitam as nomeações dos novos professores e a conclusão dos roteiros de transporte, já terão início as designações para os estudantes que passarão a receber estudos compensatórios a serem entregues nas escolas mais próximas de suas residências. Para a recuperação da aprendizagem, estes estudantes e professores não terão férias de inverno em julho.

A secretária Sandra Negrini informa que o valor investido está fora da previsão orçamentária e destaca que a Central de Matrículas continua recebendo em torno de 100 novas inscrições diárias. Segundo a secretária, esta demanda decorre da chegada de famílias de outros municípios, estados e países. “Por Caxias do Sul ser uma cidade atrativa na oferta de empregos, não podemos ignorar que a demanda por serviços públicos também é impactada, especialmente a educação”, ponderou.

Foto por Banco de Dados