1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Maio

Famílias recebem formação para acolhimento de crianças e adolescentes

Processo ainda inclui habilitação e avaliação para o serviço de Famílias Acolhedoras

Publicada dia

A Fundação de Assistência Social (FAS), por meio da equipe técnica do serviço Famílias Acolhedoras, promoveu encontros de capacitação para as famílias interessadas nessa modalidade de acolhimento familiar. O primeiro momento foi conduzido pela diretora de Proteção Social Especial de Alta Complexidade, Franciele Roso, e equipe técnica, composta pelas servidoras Viviane, psicóloga, e Vanisa da Silva, assistente social.

No segundo, realizado no sábado (22/05), as quatro famílias tiveram contato com o serviço social do Judiciário e com aquelas que já acolheram crianças e adolescentes em suas casas, as quais relataram seus depoimentos. O processo terá continuidade com entrevistas e avaliação técnica das famílias, de forma individualizada, para concluir e efetivar a habilitação. O serviço segue captando novas famílias que tenham interesse em participar e se tornar uma família acolhedora.

A diretora Franciele Roso refere que o serviço Famílias Acolhedoras é a materialização do avanço da política de assistência social na alta complexidade. “Estamos atualizando conceitos e inovando práticas, olhando de forma mais sensível, com proteção e um cuidado personalizado e individualizado das crianças e dos adolescentes. Isso só se fez possível com a adesão dessas quatro famílias, dispostas a se capacitar e fazer parte disso. Nossa gratidão especial a elas, que estão abrindo as portas para nos ajudar a mudar a realidade de quem mais precisa”, explica.

A assistente social Vanisa da Silva explica que a criança ou adolescente permanece com a família temporariamente. “As famílias acolhedoras oferecem esse acolhimento até que seja viabilizado o retorno ao convívio com a família de origem ou no caso na impossibilidade, encaminhamento para adoção. Como a demanda é grande, seguimos buscando mais famílias para somar conosco nesse serviço”, relata.

O serviço proporciona que as famílias acolhedoras cadastradas e habilitadas possam receber em suas residências crianças e adolescentes afastados do convívio familiar, por meio de medida protetiva, em função de abandono ou em que as famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção. Interessados em integrar o serviço podem contatar pelo whatsapp (54) 9 8425.0425 ou (54) 9 9198.6784 e nos endereços virtuais familiaacolhedora@fas.caxias.rs.gov.br e Instagram/Facebook @familiaacolhedoracaxiasdosul. Também podem dirigir à Rua Os Dezoito do Forte, 422, Bairro Lourdes, em frente ao prédio da FAS.

Foto por FAS, Divulgação