1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Maio

Samae registra mais 160 denúncias por uso irracional de água em abril

O número representa uma queda de 23,80% se comparado a março, onde houve 210 ocorrências

Publicada dia

Em abril, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) registrou mais 160 denúncias por uso irracional da água. O número representa uma diminuição de 23,80% se comparado a março, onde houve 210 ocorrências. Desde a publicação do decreto, em 25 de janeiro, já foram contabilizadas 728 denúncias e um auto de infração. O bairro com maior índice de casos é o Esplanada, com 36, seguido pelo Centro, com 32, e Planalto, com 31.

O decreto n° 21.905 proíbe o uso de água tratada para lavar calçadas ou passeios públicos de áreas residenciais, comerciais ou industriais, além de veículos. A prática de irrigar plantas e jardins também deve ser evitada, bem como encher piscinas. É importante esclarecer que decreto prevê a possibilidade da continuidade dos serviços proibidos por meio da utilização de água de fontes alternativas e reuso.

Conforme o diretor-presidente do Samae, Gilberto Meletti, mesmo com a chuva registrada nos últimos dias, o decreto segue valendo. “A maioria das nossas barragens recuperou o nível. O Faxinal, que abastece mais da metade da população, ainda está 25% abaixo de sua capacidade. Na próxima semana vamos reavaliar o cenário e verificar se o decreto será ou não revogado”, explica.

Os moradores que forem flagrados ou denunciados por outros tipos de uso que caracterizem o desperdício também poderão ser autuados. Na primeira infração, o usuário será alertado e orientado. Em caso de reincidência, será aplicada uma multa no valor correspondente a 10 tarifas mínimas de água de cada categoria.

Denúncias de uso irracional da água poderão ser feitas por meio do telefone 115 ou pela plataforma de WhatsApp (54) 99180-0893.