1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Junho

Edital do Financiarte 2022 terá o dobro do valor do ano anterior

O apoio financeiro destina-se a contemplar projetos culturais de artistas caxienses

Atualizada dia

A Secretaria Municipal da Cultura (SMC) lançará na segunda quinzena de junho, o edital do Financiamento da Arte e Cultura Caxiense (Financiarte). A novidade é que neste ano, o edital conta com o valor de R$ 800 mil, o dobro da quantia disponibilizada no ano passado.

Criado pela lei 6.967, de 30 de julho de 2009, o programa tem a finalidade de prestar apoio financeiro a projetos como forma de estímulo à produção artística e cultural em Caxias do Sul. Neste ano, a expectativa é de que sejam contempladas quatro propostas por segmento, são eles: artes visuais, cinema e vídeo, dança, folclore/artesanato, literatura, música e teatro, com valor de 25 mil reais para cada projeto.

O Financiarte é um dos principais dispositivos de fomento à produção artística em Caxias do Sul e segundo a Secretária Municipal de Cultura, Aline Zilli, é uma preocupação do Executivo para o fomentar a cultura no município. “ Isso demonstra que a Gestão está empenhada em retomar o patamar de importância financeira, inclusive do Financiarte que é um aporte significativo para que a classe artística e cultural da cidade realize atividades que contemple a comunidade caxiense com diversas atividades na área” Por se tratar de um auxílio direto de recursos públicos aos projetos contemplados, o Financiarte cumpre papel de suma importância na manutenção de atividades culturais já consolidadas. Também oportuniza desenvolvimento de novas iniciativas artísticas em Caxias do Sul, realizando entregas significativas para a comunidade caxiense.

O prefeito Adiló Didomenico salientou que os investimentos que nesta edição tem valores maiores de financiamento, são a maneira de levar cultura, lazer e entretenimento para a comunidade. “Estamos olhando também para o nosso artista, o profissional da cultura que mais sofreu com a pandemia. Pensamos nesse público, nos produtores culturais, nos artistas de modo geral, mas pensamos também na comunidade, que precisa de cultura para a vida”, disse o prefeito.

Prefeito Adiló Didomenico e secretária da Cultura Aline Zilli