1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Julho

Campanha de retorno de embalagens de defensivos agrícolas será em outubro

Prefeitura apoia iniciativa por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com a divulgação de informações na sede e nos distritos

Publicada dia

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) é parceira da campanha de retorno de embalagens vazias de defensivos agrícolas. Nos últimos dias, definiu-se que a ação será realizada no mês de outubro, em três locais: ao lado da empresa Agrocaxias (de 17 a 19/10), em São Pedro da 3ª Légua (24/10) e em Forqueta (25/10). Para auxiliar na divulgação, a SMAPA enviará informações às subprefeituras, orientando os produtores rurais sobre como devem proceder. A campanha é promovida pelas revendas de defensivos agrícolas de Caxias do Sul e região.

A SMAPA orientará os agricultores a seguir o cronograma da campanha, entregando as embalagens secas e tríplice lavadas. “É uma oportunidade para fazer a logística reversa das embalagens vazias que vão sendo depositadas na propriedade ao longo do ano”, afirma o titular da SMAPA, Rudimar Menegotto. Na edição de 2021 foram recolhidos mais de 46 mil quilos de embalagens de defensivos agrícolas.

CRONOGRAMA DE RECEBIMENTO

  • Agrocaxias: de 17 a 19 de outubro
  • São Pedro da 3ª Légua: 24 de outubro, no salão da comunidade
  • Forqueta: 25 de outubro, em frente ao Clube Forquetense

ORIENTAÇÕES

  • As embalagens devem ser devolvidas secas, sem as tampas e furadas.
  • Trazer o Talão do Produtor para preenchimento do comprovante de devolução de embalagens.
  • Não serão recebidas embalagens de lubrificantes, bebidas, material de limpeza e outras – apenas de agroquímicos.
  • As embalagens de produtos indicados para uso com pulverizador devem ser tríplice lavadas no momento do preparo da calda (lavadas três vezes, com a água de cada lavagem colocada de volta no pulverizador).
  • As tampas devem ser colocadas num saco separado.
  • Embalagens flexíveis (saquinhos) não podem ser lavadas. Devem ser colocadas num saco destinado só para embalagens flexíveis contaminadas e não podem ser misturadas às tampas ou embalagens lavadas.
  • Não utilizar arame para amarrar embalagens e sacos.
  • Caixas de papelão devem ser desmontadas (abertas e empilhadas).
  • Pede-se que os agricultores levem uma relação com a contagem das embalagens. Por exemplo: quantas de um litro, quantas de cinco litros, quantos sacos contaminados, quantas caixas de papelão.
Galeria de imagens
1 de 2 imagens