1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Julho

Município busca solução para assegurar direitos das prestadoras de serviço na rede escolar

Representantes do governo reuniram-se com trabalhadoras e sindicato ao longo da sexta-feira (1)

Publicada dia

Durante dois turnos, ao longo desta sexta-feira (1), representantes do governo e das profissionais de alimentação e limpeza das escolas da rede municipal de ensino estiveram reunidos na sede da Secretaria Municipal de Educação (SMED) em busca de soluções para a atual situação de inadimplência enfrentada pelas trabalhadoras vinculadas à empresa GFG. O município jamais atrasou e mantém em dia todos os pagamentos previstos na contratação, além de já haver notificado por diversas vezes a referida prestadora de serviço (que já é a segunda acionada pelo município, após rescisão de contrato com a anterior, devido ao descumprimento de cláusulas). A GFG não mantém regularidade no repasse dos valores pagos pelo município às trabalhadoras.

Para as negociações desenvolvidas conjuntamente na sede da SMED, a secretária municipal de Educação, Sandra Negrini, com a respectiva equipe técnica da SMED, além do chefe de Gabinete da Prefeitura, Cristiano Becker da Silva, e o procurador-geral do Município, Adriano Tacca, receberam o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes de Caxias do Sul (Sindilimp), Henrique Silva, o assessor jurídico da entidade, Alex Tápia, representantes das trabalhadoras e os vereadores Lucas Caregnato e Rose Frigeri.

“Reconhecemos e lamentamos a situação a que estas trabalhadoras estão expostas, diante da inadimplência que vem se repetindo por parte da empresa contratante até o momento. Justamente por isso, para que elas sejam atendidas e tenham os compromissos honrados o mais rapidamente possível, o município está fazendo um grande esforço, em inúmeras instâncias, para cumprir com todas as exigências legais e burocráticas, que são várias e bastante complexas, a fim de preservar, o quanto antes, todos os direitos das trabalhadoras”, afirma Sandra.

Fotos: PMCS / Divulgação

Município busca solução para assegurar direitos das prestadoras de serviço na rede escolar

Foto por PMCS / Divulgação