1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Julho

Prefeitura entrega mais 101 títulos de propriedade para moradores do Loteamento Vitória

Secretaria Municipal de Urbanismo encaminha próxima etapa da regularização fundiária na comunidade com 64 contemplados

Publicada dia

Moradora do Loteamento Vitória há uma década, Anelise Dambrós viu a mãe Aloires Teresinha da Silva, residente anterior da área, falecer em 2018 sem realizar o sonho da regularização fundiária. No fim da tarde deste sábado (16), Anelise saiu do Centro Administrativo Municipal ao lado dos filhos Ana Clara (10 anos) e Enzo (seis), proprietária de um terreno. Com a Certidão de Propriedade bem segura entre as duas mãos, estava entre os 101 moradores contemplados com a titulação de seus imóveis nesta etapa do programa Esse Terreno é Meu, realizado pela Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU). Diante dos sinais emitidos por Anelise ao falar, Ana Clara tomou a frente e se encarregou de traduzir o momento:

“Tá segurando pra não chorar, né, mãe?”

A mãe tentou negar, mas Ana Clara foi implacável:

“Eu sei que tu vais chorar porque estás com as bochechas vermelhas e estás tremendo.”

As lágrimas de Anelise vieram com uma dedicatória:

“Hoje estou recebendo o que minha mãe construiu. É o legado da minha mãe para os meus filhos. Eu vou ter o que deixar pra eles”, disse, entre soluços.

A reação de Anelise possivelmente dava voz ao que também se passava na cabeça das outras mais de 300 pessoas que acompanhavam a solenidade de entrega dos títulos no segundo andar do prédio da Prefeitura.

“Acabou aquela dor de cabeça de não saber o que vai deixar para os filhos no dia em que vier a faltar”, declarou o secretário municipal de Urbanismo, João Uez.

Além dos 101 moradores do Vitória que foram receber as respectivas Certidões de Propriedade, outros 64 já assinaram termo de ciência de que são os próximos da fila da regularização fundiária – que graças a uma nova legislação municipal, viabiliza o processo de maneira gratuita.

“O prefeito Adiló Didomenico se comprometeu com este tema durante a campanha e deu estrutura para que pudéssemos trabalhar nisso, com uma equipe de servidores altamente qualificados e comprometidos”, revelou Uez.

A postura do chefe do Executivo também mereceu destaque por parte do responsável pelo numeroso volume de imóveis registrados em curto espaço de tempo desde o início do processo.

“Percebi o esforço do prefeito e de toda equipe que diuturnamente trabalhou por vocês. Em 132 anos de município, é a primeira vez que se consegue dar estes títulos a quem de direito”, assinalou o oficial imobiliário da 2ª Zona de Caxias do Sul, Manoel Valente Figueiredo Neto.

Ao comunicar a conclusão de mais 39 escriturações pelo programa gratuito do município no Loteamento Marumby, Valente aproveitou para reforçar à comunidade:

“Este documento significa que vocês são donos do terreno. Podem fazer o que quiserem com ele. Podem alugar, vender, usar como garantia e serve para inventariar”.

Presidente da União das Associações de Bairro (UAB) de Caxias do Sul, Valdir Walter lembrou que durante a última campanha eleitoral, a entidade entregou documento a todos os candidatos mostrando que a grande reivindicação do movimento comunitário era a regularização fundiária.

“Pois o [prefeito] Adiló [Didomenico] criou uma secretaria só pra cuidar disso. Agora vocês segurem esse título com as duas mãos. Segurem, para amanhã ou depois vocês passarem para um filho.”

A ideia de cuidado com o novo patrimônio, que apareceu em vários pronunciamentos, abriu a cerimônia – que contou com as presenças dos secretários municipais de Agricultura, Rudimar Menegotto, de Trânsito, Alfonso Willenbring Júnior, do coordenador de Relações Comunitárias José Oltramari, dos vereadores Renato Oliveira e Juliano Valim e do representante do Mobi Caxias, Sérgio Bortolatto. Ao presidente da Associação de Moradores do Bairro (AMOB) Vitória, Genésio João dos Santos, coube o primeiro pronunciamento.

“O pessoal trabalha muito. Estou sempre aqui na prefeitura e vejo que estão fazendo tudo certo. Até o ano que vem, todo mundo no Vitória estará como sua escritura na mão. Fico muito agradecido. Peguem este título e cuidem de bom coração”, conclamou o líder comunitário.

O endosso à recomendação veio no final, acrescido de agradecimentos à paciência e à gentileza da comunidade, na palavra do prefeito:

“Estamos pisando fundo no acelerador para entregar estes lotes regularizados. Há alguns dias, entregamos um título a uma pessoa que esperava há 54 anos! Imaginem esperar 54 anos para ser dono do terreno. Com este título, podem ter certeza que a propriedade de vocês já vale muito mais a partir de agora. Então, cuidem muito bem. E comemorem com suas famílias”, concluiu Adiló.

Fotos: Rodrigo Rossi

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Mais de 300 pessoas, entre moradores e autoridades, prestigiaram entrega de 101 títulos de propriedade para o Loteamento Vitória, no Centro Administrativo Municipal

Foto por Rodrigo Rossi

Prefeito Adiló Didomenico lembrou que título emitido de graça pelo município também faz propriedade ganhar valor de mercado

Foto por Rodrigo Rossi

Secretário municipal de Urbanismo João Uez destacou que moradores passam a ter patrimônio para deixar aos filhos e netos

Foto por Rodrigo Rossi

Prefeito Adiló Didomenico (E) e secretário de Urbanismo João Uez (D) entregaram certificado de agradecimento ao presidente da AMOB Vitória, Genésio João dos Santos (C)

Foto por Rodrigo Rossi