1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Outubro

Área da antiga Fepagro é oficialmente cedida ao município

Termo de cooperação tem validade de 60 meses, com possibilidade de prorrogação

Atualizada dia

A área de 7 hectares do Centro Estadual de Diagnóstico e Pesquisa em Vitivinicultura (Cevitis), antiga Fepagro, foi oficialmente cedida ao município na manhã desta terça-feira (18.10). O termo de cooperação foi assinado no local, que fica em Fazenda Souza, pelo secretário adjunto da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Rodrigo Ramos Rizzo, e pelo Prefeito Adiló Didomenico. O prazo é de 60 meses com possibilidade de renovação.

O documento tem como finalidade o uso compartilhado de 7 hectares do imóvel, que possui 64 hectares no total. Lá, o Município pretende retomar em 2023 o evento Horti Serra Gaúcha, que tem por objetivo apresentar experiências e tecnologias atualizadas em horticultura e fruticultura para agricultores, estudantes, profissionais da área e consumidores.

As negociações se intensificaram há cerca de três anos. O secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Rudimar Menegotto, e o prefeito Adiló apontaram dificuldades no início das negociações, mas boa vontade da Secretaria Estadual, e comemoraram o desfecho.

“Estivemos várias vezes em Porto Alegre para tratar deste assunto. Cheguei a pensar em desistir. Agradeço ao secretário de Agricultura por entender a importância dessa área para Caxias e região. Poderemos realizar o Horti Serra, o Dia de Campo e utilizar para a Escola Agrícola. Agora é trabalhar para que isso tudo aconteça”, assegurou Rudimar.

“Hoje é a culminância de um ato de teimosia. Desde que eu era vereador estamos com essa pauta, com muita dificuldade. No meio público, temos que ser persistentes. Vão aparecer pessoas boas que vão nos ajudar, e foi o que aconteceu. O que move esta região é a busca incessante pelo progresso. Não tenho dúvidas de que esse será um case de sucesso”, completou o prefeito Adiló.

O secretário adjunto parabenizou o município pela persistência.

“É na aldeia onde a gente habita, onde as coisas acontecem. A equipe do nosso gabinete defende que sem pesquisa e sem a transferência da pesquisa, nada se conquista” ressaltou Rizzo.

Entre as autoridades presentes também estavam a presidente da Câmara de Vereadores, Denise Pessôa, o diretor do Cevitis, Alexander Cenci, e o deputado estadual Neri, o Carteiro.

Após o ato de assinatura os presentes fizeram uma vistoria na área onde será realizado o Horti Serra.

Galeria de imagens
1 de 6 imagens

Foto por Samuel Maciel

Foto por Samuel Maciel

Foto por Samuel Maciel

Foto por Samuel Maciel

Foto por Samuel Maciel

Foto por Samuel Maciel

Fotos Samuel Maciel