1. Início
  2. Notícias
  3. 2022
  4. Dezembro

Diretor-presidente do Samae vistoria obras de abastecimento

Centro de Reservação Reolon e EBAT Universitário estão em fase de conclusão

Publicada dia

O diretor-presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Gilberto Meletti, visitou, na manhã desta quinta-feira (01/12), duas obras de abastecimento em execução: o Centro de Reservação Reolon e a Estação de Bombeamento de Água Tratada (EBAT) Universitário. Ambas devem ser concluídas nos próximos dias. De acordo com Meletti, as duas as obras irão melhorar e tornar mais eficiente o processo de distribuição, contribuindo para a qualidade da água. O vice-diretor da autarquia, Angelo Barcarolo acompanhou a agenda.

Para construir o reservatório, foram investidos R$ 3,4 milhões. Com capacidade de armazenar 1.500 m³ de água, ele abastecerá os loteamentos Reolon, Santo André, Vale Verde, Boa Ventura, Colina das Castanheiras, Colina dos Plátanos, São Genaro, Mattioda e a localidade de São Giácomo. Aproximadamente 9,5 mil pessoas passarão a ser abastecidas imediatamente, podendo chegar até 15 mil pessoas no futuro. A obra é realizada pela empresa SM7 Engenharia Tecnologia e Importação e deve ser concluída em aproximadamente 20 dias.

Conforme Meletti, com a base de concreto concluída, a montagem das chapas ocorre de forma acelerada. “A agilidade é uma das inúmeras vantagens do uso de chapas metálicas de aço vitrificado na construção de reservatórios para armazenamento de água potável ao invés dos tradicionais construídos em concreto armado. Isso porque as chapas são pré-prontas, sendo necessário apenas fazer as conexões. Além disso, o processo de vitrificação, desenvolvido para ser aplicado em ambos os lados das chapas de aço, proporciona estanqueidade, diminuindo as perdas de água”, destaca o diretor-presidente.

Após, Meletti visitou a Estação de Bombeamento de Água Tratada (EBAT) Universitário, localizada na Rua Alexandre de Antoni, 2209. A construção da edificação já foi concluída, faltando alguns detalhes na parte dos equipamentos. Foram investidos cerca de R$ 360 mil na obra. A EBAT funcionará incrementando a pressão na linha adutora de água tratada que transportará água desde a ETA Celeste Gobatto até o reservatório da ETA Borges de Medeiros, proporcionando a sua desativação.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Andréia Copini

Foto por Andréia Copini