1. Início
  2. Notícias
  3. 2023
  4. Maio

Prefeitura leva aulas de música gratuitas a estudantes da rede municipal

Projeto Bom de Nota, Bom de Tom atenderá seis escolas da zona oeste do município

Atualizada dia

Desde esta segunda-feira (22), a música está levando 120 estudantes de seis escolas da rede municipal de ensino ao CEU – o Cine Teatro da Praça Estação Cidadania, no Bairro Cidade Nova, onde começou a funcionar o projeto Bom de Nota, Bom de Tom. Uma iniciativa que conta com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SMED) em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC), e é desenvolvida pela Associação Para Esporte e Cultura (APEC Sul), com fomento da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) federal e patrocínio da CPFL.

A novidade oferece aulas de música gratuitas no contraturno escolar para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos regularmente matriculados em alguma das seguintes Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) da zona oeste da cidade: Cidade Nova, Desvio Rizzo, Érico Cavinato, Machado de Assis, Nova Esperança e Paulo Freire. O objetivo consiste em fomentar atividades culturais e promover a cidadania cultural da acessibilidade artística.

Inicialmente, serão dois grupos de 60 estudantes – um direcionado para o ensino de instrumentos de corda e outro para instrumentos de sopro. Cada grupo será dividido em quatro turmas de 15 componentes. A previsão é de que este primeiro ciclo tenha 12 meses de duração, com duas aulas de 90 minutos por semana para cada turma. Todos os professores têm formação para atuação em classe com crianças e adolescentes na inicialização musical.

“A cada trimestre os estudantes terão uma missão para cumprir, que deverá ser executada em grupo relativa a um tema transversal abordado durante as aulas”, explica o professor e assessor de projetos da SMED, Edelvan Borelli.

No primeiro trimestre de 2023 o tema será o reconhecimento e mapeamento da comunidade, uma tarefa conjunta entre os alunos e família em torno do local onde as aulas são realizadas e o bairro onde residem. Já no segundo, abordará o meio ambiente, também trabalhado sob o reflexo da comunidade, de acordo com os pontos positivos e negativos levantados durante a primeira missão.

“Por último, no terceiro trimestre do ano será planejado um evento no ambiente revitalizado, proporcionando a integração entre toda a comunidade e usufruto do local sede do projeto. Será o grande fechamento”, conclui Borelli.

A assinatura do termo que dá a largada para operação ocorreu na tarde de quarta-feira (24), no Centro Administrativo Municipal, com as presenças do prefeito Adiló Didomenico, da vice-prefeita Paula Ioris, das secretárias municipais de Educação, Sandra Negrini, e de Cultura, Cristina Calcagnotto e da diretora da unidade Praça Estação Cidadania – Cultura, Daiane Mello, além de representantes das escolas envolvidas e entidades parceiras.

Fotos: Daniela Xu

Galeria de imagens
1 de 5 imagens