1. Início
  2. Serviços
  3. Planejamento

Diretoria de Projetos

Descrição

A Diretoria de Projetos (DPROJ) desenvolve técnicas, em sua área de competência, objetivando principalmente a implantação de equipamentos públicos e o planejamento da estrutura viária principal do Município.

Compete à DPROJ tarefas como: estudos de análise e viabilidade de empreendimentos públicos, elaboração de projetos e orçamentos, controle e fiscalização de obras públicas, participação na Comissão Permanente de Licitações e Conselhos Municipais, realização de vistorias, relatórios, laudos e estudos técnicos, entre outras atividades.

A Diretoria de Projetos presta assessoramento técnico às demais unidades administrativas, em especial: às secretarias da Educação; da Saúde; da Cultura; do Esporte e Lazer; da Segurança Pública e Proteção Social; de Recursos Humanos e Logística; do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego; do Turismo e à Fundação de Assistência Social.


Caderno de Especificações Técnicas

Criado pelo Decreto Municipal nº 14.478, de 28 de outubro de 2009, este é um documento onde estão descritas as particularidades técnicas dos projetos, as práticas exigidas para a execução dos serviços, os requisitos mínimos necessários, as especificações dos materiais mais utilizados nas obras, bem como as características dos equipamentos específicos que deverão ser instalados. Portanto, deve ser aplicado em todas as situações em que as práticas e especificações aqui descritas forem pertinentes para o empreendimento.

É de responsabilidade exclusiva da empresa contratada a leitura atenta dos projetos para a correta identificação dos materiais e equipamentos especificados e verificar no Caderno de Especificações Técnicas as características de cada material e as práticas construtivas recomendadas para cada serviço.

Considerando que os desenhos apresentados são básicos e definem o arranjo geral e as soluções de projeto, o Executor deverá ter consciência que eventuais ajustes e complementações poderão ser necessários, já que se pretende a execução total dos serviços, de modo a obter-se uma obra completa, em perfeitas condições de funcionamento e de atendimento ao público. Assim, os serviços descritos devem servir de base para orientação aos licitantes, e deverão ser considerados como o mínimo indispensável na tarefa de execução do objeto contratado.

Caderno de Especificações Técnicas
Publicado dia 01/01/2018 às 08:00